BANDA DESENHADA, HISTÓRIAS E ILUSTRAÇÃO / BANDE DESSINÉE, HISTOIRES ET ILLUSTRATION / COMICS, STORIES AND ILLUSTRATIONS

domingo, 15 de junho de 2014

A rainha de Lanka

Imagem utilizada para o postal de Natal eletrónico em dezembro de 2009
[(c) Luís Diferr] 

O desenho é um estudo de personagem realizado, na época, para um projeto de banda desenhada com Michel Jacquemart, que não foi avante. Um dia desses falarei do assunto (talvez).

Reencontrado aqui: As leituras do Pedro.

7 comentários:

  1. Bem, continuando nosso trabalho de arqueologia, desse aqui você se lembra?:

    http://tvmemory.blogspot.com.br/2014/06/raid-sobre-omega-c9.html

    abs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu lembro-me bem dessa história: "Raid sobre Ômega-C9". Estava programada para uma revista em projeto na Editora Abril, a convite do saudoso Waldyr Igayara (ainda me lembro das nossas conversas e da paciência com que ele me escutava). Contudo, a história jamais foi publicada. Estou curioso de saber como aparece a página 4 no seu blogue!?
      Um abraço.

      Eliminar
    2. Ah, é fácil saber. Quando o Igayara saiu da Abril, montou um estúdio/escola na região onde morava. Em visita ao estúdio vi essa página enquadrada e pendurada em um dos corredores. Pedi que me fizesse uma cópia e aí está ela :)
      Abs

      Eliminar
    3. Obrigado pela resposta, Luigi.
      No início de 1989, já depois de eu voltar a Portugal, pedi ao Igayara a devolução dos originais da história (12 pranchas + duas de introdução, de 1982) - que, por algum motivo de que não me recordo, tinham ficado na Editora Abril. Ele respondeu-me dizendo que tinham desaparecido, que "algum cara de bom gosto tinha mandado a mão neles". Custa-me a crer que o Igayara fosse o próprio cara (embora saiba que ele gostava bastante do meu trabalho)!
      Até hoje, essas pranchas - pelas quais nunca recebi um tostão (moeda arcaica de valor ridículo) - estão em parte incerta, talvez mesmo essa que estava no estúdio (que provavelmente já não existe).
      Um abraço.

      Eliminar
    4. Já agora, os originais da espécie de curta HQ que fiz para o livro "Nicarágua Guerrilheira" (Editora Versus, 1978), referido no seu post citado acima (que agradeço), também nunca me foram devolvidos, assim como (por outras razões, não muito edificantes) os originais de todas as histórias que publiquei na Garatuja #2.
      Do livro, nem sequer tenho já uma cópia!
      Life is beautiful, isn't it?!

      Eliminar
    5. Bem, parece que nosso saudoso amigo cometeu esse deslize, ou por amor a arte, ou por pura preguiça de enviar os originais para Portugal! De qualquer maneira, depois da morte do Iga o estúdio foi desmontado.
      No caso do livro "Nicarágua Guerrilheira" ainda é possível que apareça algum exemplar a venda em um sebo, embora a qualidade do papel fosse péssima o que faz com que os exemplares se desfaçam com o tempo...
      Abs

      Eliminar
    6. Pois é! Mas descobri que existe uma tal Márcia Almeida Igayara de Souza, que foi Secretária do Estúdio e Escola de Arte Igayara, no período de 1990 a 1997 e que deve ser sua filha (AQUI: http://br.linkedin.com/pub/marcia-almeida-igayara-de-souza/66/207/83a).
      Vou tentar entrar em contato com ela para ver se consigo ter aqueles originais de volta.
      Obrigado e um abraço.

      Eliminar